Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Helicópteros Mi-35 da FAB não estão à venda

A publicação francesa Intelligence Online informou que os helicópteros AH-2 Sabre (Mi-35) estariam sendo vendidos para a Líbia em uma operação triangular com os Emirados Árabes Unidos.
Poder Aéreo

Os seis helicópteros Mi-35 mais antigos da FAB seriam destinados às forças do General Khalifa Haftar (Libyan National Army).

A operação seria conduzida pela agência russa Rosoboronexport e financiada pelos Emirados Árabes Unidos.

Os AH-2 Sabre são os primeiros helicópteros de ataque genuínos em operação nas Forças Armadas brasileiras e começaram a ser utilizados em 2009. Em novembro de 2014, o esquadrão recebeu os três últimos exemplares da sua frota de doze helicópteros.

Cada AH-2 conta com um canhão de 23 mm capaz de disparar até três mil tiros em um minuto. Para se ter uma ideia, cada tiro de 23mm causa o mesmo impacto de quase 100 tiros de uma arma calibre 7,62mm, como os fuzis utilizados por tropas no solo.

Com peso de 12 toneladas, os helicópteros têm blindagens em partes essenciais, como no…

Irã testa com êxito míssil balístico, informa mídia

Na noite de 24 para 25 de julho o Irã realizou testes de um míssil balístico de alcance intermediário que voou a distância de 1.000 quilômetros.


Sputnik

Os canais Fox News e CNN informaram sobre o lançamento, se referindo a uma fonte na administração dos EUA.


Sistema de defesa antiaérea Talash lançando um míssil Sayyad 2 durante manobras iranianas Velayat
Sistema antiaéreo Talash lançando míssil Sayyad-2 © AP Photo / Exército do Irã

"Embora o míssil Shabaab não representasse ameaça para a navegação ou as bases dos EUA, segundo avaliações da inteligência, esses testes são parte dos esforços do Irã para aperfeiçoar o alcance e a precisão dos lançamentos", escreveu no seu Twitter a comentarista do CNN Barbara Star.

As autoridades do Irã não chegaram a anunciar os testes.

Segundo a mídia, o míssil foi lançado no sul do país e percorreu cerca de 1.000 quilômetros para norte.

O programa de mísseis do Irã permanece objeto de desacordos, em particular, em relação à Resolução 2231 da ONU. Os EUA afirmam que essa resolução proíbe o Irã de realizar lançamentos de mísseis. Entretanto , o Ministério de Defesa iraniano sublinha que os lançamentos não violam a resolução.


Comentários