Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General afirma que Irã responderá qualquer ataque que sofrer dos EUA

Chefe da Guarda Revolucionária do país disse que não permitirá que a guerra alcance o território iraniano.
EFE

O general Hossein Salami, chefe da Guarda Revolucionária do Irã, disse neste sábado (21) que não permitirá que nenhum país faça ataques em solo iraniano. A declaração foi uma resposta ao envio de tropas dos Estados Unidos ao Golfo Pérsico.

"Nunca permitiremos que a guerra alcance nosso território. Não pararemos até a destruição do agressor e não deixaremos nenhum lugar seguro", garantiu Salami, durante a inauguração de uma exposição de destroços de drones americanos derrubados pelo Irã.

A tensão com os Estados Unidos cresceu nos últimos dias, depois que a gestão do presidente Donald Trump acusou os iranianos dos ataques realizados há uma semana contra a companhia petrolífera saudita Aramco.

O Irã nega envolvimento no ataque, que foi reivindicado pelo movimento houthi do Iêmen, um grupo alinhado ao Irã e atualmente lutando contra uma aliança liderada pela Arábia Saudita n…

Teerã nega alegação do Pentágono sobre derrubada de 2 drones iranianos no estreito de Ormuz

O ministro iraniano da Defesa, Amir Hatami, desmentiu nesta quarta-feira (24) as alegações americanas de que os EUA teriam derrubado drones militares iranianos no estreito de Ormuz.


Sputnik

"Mostramos a estrutura do drone [americano] que derrubamos […] Se alguém diz que derrubou nosso drone, mostre isso. Nenhum drone da República Islâmica do Irã foi derrubado", disse Hatami, de acordo com a agência de notícias ISNA.

Drone iraniano é lançado durante exercício militar no sul do Irã (imagem de arquivo)
Drone iraniano © AP Photo / Chavosh Homavandi

O chefe do Comando Central dos EUA (CENTCOM), general Kenneth McKenzie, havia afirmado ontem (23) que um navio de guerra da Marinha americana poderia ter destruído dois veículos não tripulados iranianos na região do golfo Pérsico, uma vez que estavam "na faixa de ameaça" da embarcação americana.

Respondendo à alegação dos EUA, a Guarda Revolucionária lançou um vídeo mostrando um drone voando sobre a região e gravando imagens do USS Boxer, da Marinha americana, escoltado por outros cinco navios.

O vice-ministro iraniano das Relações Exteriores, Abbas Araghchi, respondeu à declaração, no dia 19 de julho, afirmando que Teerã não perdeu nenhum drone "no estreito de Ormuz nem em nenhum outro lugar", acrescentando estar "preocupado que o USS Boxer tenha derrubado seu próprio drone por engano".

Tensões entre Teerã e Washington

A situação no golfo Pérsico e nas zonas circundantes deteriorou-se acentuadamente nos últimos tempos.

Neste mês, surgiram notícias sobre a tentativa de bloqueio por militares iranianos de um navio britânico no estreito de Ormuz, tendo como pano de fundo a prisão de um petroleiro iraniano perto de Gibraltar. O Irã negou essas alegações.

Após a abordagem aos navios, ocorreu outro incidente: militares iranianos comunicaram o abate de um drone de vigilância RQ-4 Global Hawk americano depois de este ter violado o espaço aéreo do Irã. O Comando Central dos EUA (CENTCOM) confirmou que um drone da Marinha dos EUA foi abatido sobre o estreito de Ormuz no espaço aéreo internacional.

Drone DJI Ryze Tech Tello - Câmera HD

Drone DJI Ryze Tech Tello - Câmera HD

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas