Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Helicópteros Mi-35 da FAB não estão à venda

A publicação francesa Intelligence Online informou que os helicópteros AH-2 Sabre (Mi-35) estariam sendo vendidos para a Líbia em uma operação triangular com os Emirados Árabes Unidos.
Poder Aéreo

Os seis helicópteros Mi-35 mais antigos da FAB seriam destinados às forças do General Khalifa Haftar (Libyan National Army).

A operação seria conduzida pela agência russa Rosoboronexport e financiada pelos Emirados Árabes Unidos.

Os AH-2 Sabre são os primeiros helicópteros de ataque genuínos em operação nas Forças Armadas brasileiras e começaram a ser utilizados em 2009. Em novembro de 2014, o esquadrão recebeu os três últimos exemplares da sua frota de doze helicópteros.

Cada AH-2 conta com um canhão de 23 mm capaz de disparar até três mil tiros em um minuto. Para se ter uma ideia, cada tiro de 23mm causa o mesmo impacto de quase 100 tiros de uma arma calibre 7,62mm, como os fuzis utilizados por tropas no solo.

Com peso de 12 toneladas, os helicópteros têm blindagens em partes essenciais, como no…

Teerã nega alegação do Pentágono sobre derrubada de 2 drones iranianos no estreito de Ormuz

O ministro iraniano da Defesa, Amir Hatami, desmentiu nesta quarta-feira (24) as alegações americanas de que os EUA teriam derrubado drones militares iranianos no estreito de Ormuz.


Sputnik

"Mostramos a estrutura do drone [americano] que derrubamos […] Se alguém diz que derrubou nosso drone, mostre isso. Nenhum drone da República Islâmica do Irã foi derrubado", disse Hatami, de acordo com a agência de notícias ISNA.

Drone iraniano é lançado durante exercício militar no sul do Irã (imagem de arquivo)
Drone iraniano © AP Photo / Chavosh Homavandi

O chefe do Comando Central dos EUA (CENTCOM), general Kenneth McKenzie, havia afirmado ontem (23) que um navio de guerra da Marinha americana poderia ter destruído dois veículos não tripulados iranianos na região do golfo Pérsico, uma vez que estavam "na faixa de ameaça" da embarcação americana.

Respondendo à alegação dos EUA, a Guarda Revolucionária lançou um vídeo mostrando um drone voando sobre a região e gravando imagens do USS Boxer, da Marinha americana, escoltado por outros cinco navios.

O vice-ministro iraniano das Relações Exteriores, Abbas Araghchi, respondeu à declaração, no dia 19 de julho, afirmando que Teerã não perdeu nenhum drone "no estreito de Ormuz nem em nenhum outro lugar", acrescentando estar "preocupado que o USS Boxer tenha derrubado seu próprio drone por engano".

Tensões entre Teerã e Washington

A situação no golfo Pérsico e nas zonas circundantes deteriorou-se acentuadamente nos últimos tempos.

Neste mês, surgiram notícias sobre a tentativa de bloqueio por militares iranianos de um navio britânico no estreito de Ormuz, tendo como pano de fundo a prisão de um petroleiro iraniano perto de Gibraltar. O Irã negou essas alegações.

Após a abordagem aos navios, ocorreu outro incidente: militares iranianos comunicaram o abate de um drone de vigilância RQ-4 Global Hawk americano depois de este ter violado o espaço aéreo do Irã. O Comando Central dos EUA (CENTCOM) confirmou que um drone da Marinha dos EUA foi abatido sobre o estreito de Ormuz no espaço aéreo internacional.

Drone DJI Ryze Tech Tello - Câmera HD

Drone DJI Ryze Tech Tello - Câmera HD

Comentários