Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Revogação de embargo de armas contra o Irã criaria instabilidade no Oriente Médio, diz EUA

A abolição do embargo de armas contra o Irã fortaleceria o governo daquele país e ameaçaria a segurança em todo o Oriente Médio, disse a repórteres o representante especial de Washington para o Irã e conselheiro sênior do secretário de Estado dos EUA, Brian Hook.
Sputnik

"O levantamento da proibição ao Irã apenas reforçará o regime e criará mais instabilidade na região", declarou Hook durante uma entrevista coletiva na Arábia Saudita.

O embargo em vigor limitou a capacidade de Teerã de atualizar sistemas de armas, reexportar tecnologias para outros países e melhorar suas capacidades marítimas, declarou o enviado dos EUA.
"O embargo limita a capacidade do Irã de mover armas livremente", acrescentou.

Em 2015, o Irã assinou o Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA), com China, França, Alemanha, Rússia, Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha e União Europeia (UE).

O acordo exigia que Teerã reduzisse seu programa nuclear e cortasse drasticamente suas reservas de urânio em troc…

Imagens secretas da primeira bomba nuclear soviética são divulgadas em documentos secretos

A Rosatom publicou pela primeira vez documentos inéditos que mostram como a arma foi criada.


Maria Aleksândrova | Russia Beyond

A Corporação Estatal da Energia Atômica da Rússia (Rosatom) publicou materiais inéditos sobre a criação da primeira bomba nuclear soviética.


Resultado de imagem para Imagens secretas da primeira bomba nuclear soviética são divulgadas em documentos secretos
Serguéi MAmontov/Sputnik

São mais de 55 volumes de fotografias, encomendas, relatórios e notas de referência, bem como outros documentos anteriormente secretos.

Entre os materiais estão relatórios dirigidos a Iôssif Stálin. Um deles, datado de 17 de janeiro de 1946, explica o estado das obras da criação e o uso da energia atômica.



Rosatom

No entanto, o principal interesse está nos materiais fotográficos que mostram como a primeira bomba atômica soviética foi construída. Nas fotos, os trabalhadores, cujos nome não foram divulgados, posam ao lado do dispositivo "501”, conhecido como a primeira bomba nuclear criada na URSS.

Os documentos foram divulgados pelo jornal estatal russo Rossiyskaya Gazeta, que também lembra que, após o primeiro teste da bomba nuclear soviética, que foi realizado com sucesso em 29 de agosto de 1949, o membro do Comitê Central do Partido Comunista da União Soviética, Lavrenti Béria, condecorou 33 participantes do projeto com o título de Heróis do Trabalho Socialista.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS