Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

No Dia da Amazônia Azul, Marinha troca celebrações por combate ao óleo no litoral

Comemoração, realizada todos os anos no dia 16 de novembro, deu lugar à busca e contenção da substância que chegou a dez estados brasileiros.
Por Pedro Alves e Beatriz Castro | G1 PE e TV Globo

Em 2019, o Dia Nacional da Amazônia Azul é celebrado neste domingo (16). Anualmente, desde 2015, a Marinha do Brasil realiza uma comemoração para lembrar da importância do mar brasileiro. Neste ano, porém, diante do desastre ambiental causado pelas manchas de óleo no litoral, os esforços são concentrados no combate à substância, em uma ação chamada "Operação Amazônia Azul, Mar limpo é Vida!".

A Amazônia Azul é uma zona econômica marítima exclusiva do Brasil. O país tem o direito de explorar cerca de 5,7 milhões de quilômetros quadrados de oceano, o que equivale a, aproximadamente, metade da massa continental brasileira.

Essa área passou a ser chamada de Amazônia Azul justamente para indicar à sociedade a importância dessa faixa do oceano, já que é dela que saem cerca de 85% do petróleo, 7…

Rússia e Turquia iniciam 2ª rodada de patrulhas na fronteira síria (VÍDEO)

Militares da Rússia e da Turquia iniciaram a segunda rodada de patrulhamento conjunto da fronteira turco-síria, informou o Ministério da Defesa da Rússia.


Sputnik

"A partir das 12h20 [06h20 no horário de Brasília] do dia 5 de novembro, teve início a segunda patrulha conjunta da Polícia Militar russa e da guarda fronteiriça turca em uma nova região da fronteira, localizada alguns quilômetros ao norte da localidade de Kobane", informou o ministério.


Veículos blindados da Polícia Militar da Rússia na Síria
© Sputnik / Mikhail Alaeddin

O comunicado nota que a patrulha será efetuada por uma nova rota pela primeira vez. O percurso tem início no ponto de controle alfandegário de Ailishar, seguindo para oeste e depois para leste ao longo da fronteira ente a Síria e a Turquia.

A Polícia Militar russa realizará a patrulha com veículos blindados Tigr, enquanto a guarda fronteiriça turca utilizará o modelo Kirpi. A patrulha conta com oito veículos militares e 50 efetivos de ambos os países.

O Ministério da Defesa da Turquia, por sua vez, declarou que os "militares russos e turcos, contando com apoio de drones, iniciaram a patrulha da região de Ain Al-Arab, a leste do Eufrates".

Memorando de Sochi

No dia 22 de outubro do corrente, a Rússia e a Turquia assinaram um memorando de entendimento no qual estão previstos patrulhamentos conjuntos da fronteira russo-turca na região nordeste da Síria.

Os patrulhamentos devem ser realizados pela Polícia Militar russa e pela guarda fronteiriça turca e ocorrer nas zonas adjacentes à da operação turca Fonte de Paz.

As patrulhas devem garantir a retirada das milícias curdas de uma região de até 30 quilômetros de distância da Turquia.

O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, declarou anteriormente que a retirada das milícias curdas do território fronteiriço ocorreu antes do fim do prazo acordado. O início dos patrulhamentos se seguiu à retirada completa dos grupos armados curdos.



Comentários